Como é feito um implante dentário?

Muitas pessoas ficam receosas ao usar próteses móveis, conhecidas popularmente como dentaduras, por medo de que elas saiam do lugar e causem constrangimento social. Neste caso, elas acabam optando pelos implantes.

O tratamento de implante dentário também é uma alternativa para pacientes que tiveram a raiz do dente comprometida ou perderam muitos dentes e não têm onde “apoiar” as próteses móveis.

Para realizá-lo, você precisa procurar por um profissional especializado em implante.

Somente o implantodontista poderá avaliar o seu caso e indicar o melhor tipo de implante para você.

 

Etapas do tratamento de implante dentário

O tratamento de implante dentário não se resume ao procedimento cirúrgico de colocação do pino de titânio. É um processo que depende da resposta do organismo de cada paciente. Conheça todas as etapas até o sorriso perfeito!

A perda de dentes pode ter inúmeras causas, como cáries, doenças periodontais ou traumas.

Se os dentes não forem substituídos em pouco tempo, ocorre o processo de reabsorção óssea, resultando na retração da gengiva. Quanto mais rápida for feita a reposição desses dentes, maiores as chances de sucesso.

O implante dentário é a alternativa mais eficaz e segura para a reposição de um ou mais dentes perdidos. Ele substitui a raiz do dente, servindo como base para a prótese (coroa).

 

Etapa 1: Avaliação

Assim como qualquer procedimento cirúrgico, o paciente é submetido a exames clínicos e de imagem para avaliar a necessidade do implante dentário.

O profissional observa se há cáries e doenças periodontais. Ainda, se há necessidade de alguma restauração ou movimentação ortodôntica, ou qualquer outro problema de saúde que inviabilize o implante.

Se estiver tudo certo, o tempo entre a primeira avaliação e o agendamento da cirurgia é de poucas semanas.

E se eu precisar de enxerto ósseo?

Nesse caso, a duração do tratamento aumenta um pouco.

O enxerto ósseo é necessário quando não há volume ósseo suficiente para suportar o implante. Essa perda de volume pode ter sido causada por traumas, doenças e lesões na gengiva ou quando os dentes ficam ausentes por muito tempo, ocasionando a retração do osso.

O enxerto pode ser feito com o osso do próprio paciente ou com um biomaterial que possui as mesmas características.

Após a colocação do enxerto ósseo, é necessário aguardar de 6 a 12 meses antes de realizar a cirurgia de implante. Esse prazo é necessário para avaliar a resposta do organismo, se a espessura e densidade óssea já é suficiente para o implante.

 

Etapa 2: Colocação do implante dentário

A cirurgia de implante geralmente é feita em consultório odontológico, com anestesia local, em procedimento semelhante à extração de um dente.

Independente do tipo de implante (unitário, 2×3, overdenture ou completo), a colocação é feita no mesmo dia e a cirurgia dura cerca de 1 hora.

 

Etapa 3: Osseointegração

Essa é a fase mais delicada do tratamento de implante dentário.

Após a instalação dos pinos, o organismo inicia o processo de cicatrização e integração do parafuso ao tecido ósseo da gengiva. Por ser de titânio, o implante é biocompatível e totalmente inerte ao osso, não havendo riscos de rejeição.

É necessário que o implante esteja bem seguro antes da colocação das próteses, para suportar a pressão exercida pela mastigação.

Na arcada inferior, a osseointegração demora cerca de 3 meses, e, na arcada superior, de 6 a 8 meses.

 

Etapa 4: Colocação da prótese

Agora que o implante dentário já está integrado ao osso, é chegada a hora de colocar a prótese. Ela é feita com base no tamanho e coloração dos dentes preexistentes, para que o resultado seja o mais natural possível.

 

Como é feito o implante?

O implante dentário é um pino feito de titânio, com aparência semelhante a um parafuso. Ele é instalado no interior do tecido ósseo do maxilar (arcada superior) ou da mandíbula (arcada inferior).

Para isso, o cirurgião faz um pequeno corte na gengiva do paciente. Depois, com instrumentos odontológicos específicos, faz a perfuração do osso para abrir espaço para o pino.

Por ser de titânio, o implante é biocompatível e é ósseo integrado facilmente pelo organismo.

 

Prótese

Após a integração do implante ao osso, finalmente é colocada a prótese, que consiste em um dente feito de porcelana ou resina acrílica. Ele simula um dente natural, mantendo coloração e formato característicos dos demais dentes do paciente.

Agora que você sabe como é feito o implante dentário, já percebeu que o procedimento é seguro, assim como o pós-operatório.

Seguindo as recomendações do implantodontista (prescrição de medicamentos, higiene e alimentação adequadas após a cirurgia), as chances de sucesso são enormes e você terá muitos motivos para sorrir.

 

No total, quanto tempo dura o tratamento de implante dentário?

Para os casos mais simples, sem necessidade de tratamentos ou correções prévias, o tratamento de implante dentário demora, em média, 8 meses até a avaliação final, após a colocação e adaptação do paciente às próteses.

Em casos mais severos, onde é necessário enxerto ósseo, por exemplo, o tratamento de implante dentário, desde a avaliação até a prótese dura cerca de 2 anos.

Apesar de demorado, os resultados obtidos com o implante dentário são muito mais do que estéticos. O tratamento restabelece a mastigação, realinha a arcada e evita problemas graves, como as disfunções da articulação temporomandibular (ATM).

 

Com que idade pode ser colocado um implante dentário?

A ausência de um ou mais dentes permanentes em crianças e adolescentes provoca discussão sobre a idade ideal para colocar um implante dentário. Qual será o veredicto dos profissionais?

Em qualquer idade, um sorriso bonito é característica de saúde, beleza, cordialidade e de autoestima. Na adolescência, em especial, soa ainda mais importante.

As causas para a perda de dentes tão precoce podem ser diversas:

  • Traumas: acidentes, quedas e pancadas
  • Falta de cuidados: má higiene e manutenção
  • Algumas doenças ou síndromes: Periodontite, Diabetes Mellitus, Síndrome de Down, Displasia Ectodérmica etc.

O jovem ator norte-americano Gaten Matarazzo (foto abaixo), por exemplo, não possui dentes naturais. Intérprete do personagem Dustin na série Stranger Things, Gaten sofre de uma síndrome genética rara chamada Displasia Cleidocraniana, que retarda o desenvolvimento dos ossos da face e da clavícula.

 

O implante dentário é recomendado na adolescência?

A maioria dos especialistas afirma que não.

A cirurgia de implante dentário só pode ser realizada após o total desenvolvimento dos ossos da face. Isto é, somente quando eles estiverem em seus tamanhos e posições permanentes.

 

A partir de que idade pode ser colocado um implante dentário?

O desenvolvimento ósseo total ocorre, geralmente, até os 18 anos de idade e pode ser confirmado através de uma radiografia de punho.

Alguns profissionais optam por estabelecer uma idade mínima superior: por volta dos 22 anos. Isto porque os implantodontistas optam por certificar-se da inexistência de quaisquer riscos decorrentes da falta de desenvolvimento.

 

Quais os riscos de um implante dentário precoce?

O implante dentário é um pino de titânio integrado ao tecido ósseo da gengiva, fazendo papel de raiz do dente perdido.

Se o osso ainda estiver em crescimento, não será acompanhado pelo pino, que é estático, causando deformação na região implantada e, até mesmo, demandando a necessidade de um novo implante.

Quando colocado muito cedo, pode interferir também no crescimento normal do osso maxilar, que ainda não possui a forma nem a resistência adequadas para a instalação de um implante.

 

Existe alguma exceção?

Em todas as circunstâncias, a avaliação é feita individualmente. E, para cada caso, o profissional indicará uma solução.

Há relatos de situações extremamente severas, em que os benefícios da cirurgia de implante dentário eram superiores aos riscos.

De qualquer forma, apenas o seu implantodontista poderá dizer qual o tratamento ideal para o seu caso.

 

Implantes dentários em idosos: Como funciona?

Não há contraindicações decorrentes da idade para o tratamento com implante dentário. Independente da indicação de implantes dentários para idosos ou adultos, sua função continua sendo a de substituir dentes perdidos ou que nunca nasceram.

O implante dentário é semelhante a um parafuso introduzido e incorporado ao osso da maxila ou mandíbula, atuando como raiz para o dente faltante.

Muitos idosos utilizam as próteses móveis – dentaduras – mas não se sentem seguros. Elas podem cair ou se soltar nos momentos menos apropriados. Além disso, o atrito da prótese móvel na gengiva é incômodo e causa danos irreversíveis ao osso.

 

Saúde do idoso

Todo e qualquer paciente passa por uma série de exames antes de ser considerado apto ao procedimento.

Apesar de ser considerada segura, algumas condições de saúde desaconselham a cirurgia e, infelizmente, a idade avançada vem acompanhada de muitas delas. A osteoporose, por exemplo, que é uma doença predominantemente idosa, quando diagnosticada como geral e estiver ativa, pode inviabilizar o tratamento devido ao desgaste no tecido ósseo. No entanto, outras doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, se estiverem controladas, não impedem o paciente de receber o implante.

Pelo contrário, muitas doenças apresentam melhora quando o paciente está com a autoestima elevada e o implante promove essa mudança.

Caso os familiares desconheçam os benefícios dos implantes dentários para idosos, podem procurar um implantodontista para conhecer o método. O profissional explicará todo o procedimento e, após avaliação de saúde do paciente, poderá indicar o tipo de implante indicado para cada caso.

 

Motivos para não adiar seu implante dentário

Não postergar ainda mais seu implante é imprescindível. Saiba por quê:

 

Qualidade de vida não tem preço

Muitas pessoas veem o implante dentário como distante, apenas como sonho de consumo, porque o consideram caro.

Na verdade, se você puser na ponta do lápis o quanto despende com coisas que não agregarão à sua saúde, você vai querer começar seu implante agora mesmo. Faça o cálculo.

 

Retome a confiança ao falar ou sorrir

A perda de um ou mais dentes gera desconforto e constrangimento. Quando a pessoa não está satisfeita com seu sorriso, pode até virar cacoete: a mão sempre é levada à boca para esconder os dentes ou a falta deles. Já ao falar, o desconforto pode ser ainda maior. No caso de uma prótese mal posicionada, ela pode se deslocar e causar aquele desagradável frio na barriga.

 

Mastigue e saboreie qualquer alimento sem medo

Você provavelmente já viu. É comum em propagandas de implantes dentários aparecer uma maçã. Quem usa prótese móvel sabe o quanto este é um dos alimentos mais temidos na hora da mordida.

Já pensou em voltar a comer o que você quiser sem receio algum? E o melhor: com o paladar a todo vapor?

A segurança proporcionada pelo implante vale cada centavo investido. Pergunte para quem já fez.

 

Tenha o sorriso dos sonhos (e com saúde!)

A colocação do implante não danifica outros dentes, e nem se faz necessário desgastar um dente natural para apoiar os substitutos. Além da segurança, do sorrir sem medo e do aumento na qualidade de vida, o implante dentário garante um melhor funcionamento do organismo.

A explicação é lógica: o sistema digestivo e a absorção de nutrientes são beneficiados quando os alimentos são corretamente triturados.

 

O melhor implante do mercado

Agora a gente conta um segredinho: você sabia que a rede DenteBelo utiliza o melhor implante do mercado?

A Neodent é uma empresa brasileira, com tecnologia internacional, que há 24 anos entrega ao mercado odontológico implantes e soluções protéticas de primeira linha.

Pare de adiar o sonho de ter sorriso preenchido e saudável.

Quer saber se você também pode se beneficiar desse recurso acessível e prático?

Escolha a unidade mais próxima e agende sua avaliação gratuita com um de nossos profissionais! Se tiver alguma dúvida, entre em contato conosco.

Implante dentário na DenteBelo.

Venha sorrir com a Dente Belo!

LEIA TAMBÉM:

Quais são os tipos de implantes dentários?

Qual a diferença entre prótese e implante dentário?

Tratamentos odontológicos na DenteBelo

Implante dentário

Prótese dentária

Clareamento dental

Ortodontia

Alinhador Invisalign

Aparelho ortodôntico

Clínica geral

Tratamento de canal

Gengivite

Periodontia

Bruxismo

Ácido hialurônico

Bichectomia

Lipo de papada